Um rapaz de 21 anos pode namorar uma menina de 13?



Tenho 21 anos e quero namorar com uma menina de 13 anos. Vou apresentar meus argumentos e gostaria que os senhores os submetessem a um escrutínio.


1. Consentimento dos pais

Eu conheço a menina desde que ela tem 9 anos, frequento a casa dela, como na mesa dos pais dela, eles gostam de mim. Ainda não pedi autorização a eles para namorá-la, mas como são pessoas de mente aberta, já me conhecem e confiam em mim, acho que tenho uma chance. Pelo que li na internet, não é crime se for com a autorização dos pais, e mesmo que alguém na rua queira me denunciar, não acontecerá nada comigo, pois a denúncia só é válida se for feita pelos responsáveis legais. Se eu beijá-la em público, também não será crime, pois beijo não é sexo. Se não for isso, corrijam-me.

2. Não significa sexo

Eu sei que sexo com menores de 14 anos é estupro, com pena de 8 a 15 anos, mas namoro não significa necessariamente sexo. Nós não somos religiosos, portanto não temos essa coisa de casar virgens. Eu disse a ela que aceito se ela quiser deixar o sexo para quando estiver mais crescida, mas ela disse que não quer esperar. Engravidá-la, só se eu fosse muito burro, mas não tem esse risco porque eu fiz vasectomia.


Eu fico o tempo todo beijando, abraçando e acariciando a menina, e no começo isso incomodava os pais dela, que achavam que eu só queria tirar a virgindade da menina depois jogá-la fora, chegaram a proibí-la de me ver. Mas, graças aos apelos dela própria, que gostava e confiava em mim, deixaram que a gente voltasse a se ver, mas só na casa deles, onde eles podem monitorar. Ou seja, eu sequer teria uma oportunidade de fazer sexo com ela.


3. Não é pedofilia

Que eu saiba, não existe nenhum crime chamado pedofilia. Que eu saiba, também, pedolifia seria o desejo sexual por crianças pré-púberes, o que não é o caso dela, pois tem 13 anos, mas fisicamente, parece que tem 17 ou 18, ela é bem voluptosa, na verdade. E o mais óbvio é que a palavra "namoro" pressupõe que é uma coisa consentida, não é uma agressão sexual.


4. Ela tem condições físicas e psicológicas de ter vida sexual

A lei entende que a pessoa com menos de 14 anos não tem capacidade de consentir uma relação sexual, mas, como explicado no tópico anterior, eu perguntei se ela queria e ela disse que sim. Relembro o caso de Ibirubá, no Rio Grande do Sul, que não foi um caso de estupro. Foram irresponsáveis, sim, mas não é isso que estou discutindo, e sim a capacidade de consentir.


5. Entendo que ela tem 13 anos, e não 21
Eu sei que ela é uma criança, ainda está crescendo e estruturando sua personalidade. Por isso, muitas vezes vai ser imatura, vai se aborrecer por bobagens, vai falar uma coisa e no dia seguinte mudar de idéia, coisas de adolescente. À medida em que ela for crescendo, a personalidade dela vai mudando, e talvez com 17, 18 anos ela seja uma pessoa totalmente diferente do que é hoje. Mas eu tenho serenidade e paciência para esse processo de mudança, porque a amo de verdade.


6. A diferença de idade não é um problema para nós


Mesmo com tanta diferença de idade, nossa conversa flui bem, nossos interesses não entram em conflito, nós nos identificamos muito e trocamos muito carinho. Se com tanta diferença de idade a gente consegue ter tanta amizade e carinho, por que não dar um passo adiante? Se as pessoas na rua vão achar isso estranho, o problema é delas. É simplesmente uma questão cultural - tudo o que é incomum as pessoas acham estranho.


Enfim, se eu tiver a autorização dos pais, estou agindo dentro da lei, não estou?
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More